Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.
Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Barragem Jandaia pode ser a solução para falta de água


No dia 31 de Dezembro de 2010, estive na construção da Barragem Jandaia para conferir in-loco como estava a obra, naquele momento ela se encontrava da mesma forma que em 2004 quando o então governador Cássio Cunha Lima havia determinado que fosse rompido parte do seu baldame devido as fortes chuvas que ameaçavam o estouramento, conforme vc pode confira na foto.

Neste último domingo (29) estive lá novamente e constatei que desde a posse do novo governador já foi feito muitas melhorias, como o conserto no baldeme e elevação do mesmo que quase dobrou, já foi iniciada a construção do sangrandouro e há muitas máquinas trabalhando, no entanto, existe muito trabalho ainda para ser feito. Inicialmente soube que a previsão para conclusão da obra seria até dezembro próximo, mas pessoalmente acredito que esta data se prolongará mais um pouco, haja vista que a Barragem terá uma capacidade aproximada de 18 milhões de metros cúbicos de água.
Esperamos que com a conclusão desta importante obra o problema no abastecimento de água em nossa região seja sanado.

Vamos ao nosso caso: mesmo com a conclusão desta importante obra creio que o nosso Município ainda sofrerá graves problemas com abastecimento se continuar da forma que está. Pois vejamos, a nossa cidade faz parte do "Sistema Integrado" que se inicia com a captação da água das chuvas lá no Município de Borborema na Barragem de Canafístula II que tem capacidade de apenas 4,8 milhões de metros cúbicos, depois é bombeada para as cidades de Bananeiras, Solânea, Cacimba de Dentro (inclui o povoado de Logradouro), Damião, Araruna (e povoados) Tacima (povoado do Bola), Riachão (assentamento Tanques e Seixo) e finalmente Dona Inês, vejam só basta uma simples falta de energia na barragem onde se inicia o bombeamento ou em Cacimba de Dentro onde se faz o tratamento para faltar água aqui, ou pior qualquer ertouramento percurso que citei para a primeira cidade a faltar água ser Dona Inês, por ser o "fim da linha". Mas há uma luz no fim do túnel, se parte da água de Jandaia fosse bombeada diretamente para Dona Inês, tratada por aqui e depois levada aos municípios de Riachão e Tacima por gravidade então o processo se invertiria nós seríamos o primeiro a ser abastecido, e com uma rede menor só com três municípios a munutenção seria muito simples e com possibilidade  de ampliação de redes.
Taí esta adutora também fez parte dos nossos pedidos ao governador no Oraçemto Democrático, esperemos o que o futuro nos traga boas notícias.

Por Demetrio Ferreira
da Redação

0 comentários:

Postar um comentário

  ©ATITUDE NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo