Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.
Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Fortes Chuvas do fim de semana causaram pânico e prejuízo no Brejo da PB


Ruas alagadas, pontes cedendo, casas desabando, açudes transbordando e estradas interditadas. Parecem cenas de um filme de desastres, mas é a situação que a Paraíba vem enfrentando com as chuvas desde o começo da semana passada.
O internauta Filippe Henrique enviou à nossa reportagem registros de danos que as chuvas tem causado no município de Rio Tinto, localizado no Litoral Norte do estado. Em uma rua da cidade, o nível da água ficou tão alto que se tornou impossível caminhar a pé.
Na manhã deste domingo (17), o ex-governador Cássio Cunha Lima usou o twitter para alertar os motoristas sobre o trânsito na BR-101. Além de fotos dos carros parados, ele postou a imagem das águas do Rio Goiânia que invadiram a pista, já em Pernambuco. Segundo ele, só está passando um carro de cada vez. “Em alguns momentos o trafego chega a parar. Creio que temos uns 5 km muito lentos”, publicou.
A previsão da Agência Estadual de Gestão das Águas (Aesa) para esta segunda-feira (18) ainda é de mais chuvas com nebulosidade variável nas regiões do Litoral, Brejo, Agreste, Cariri/Curimataú. No Sertão e Alto Sertão é previsto sol com variação de nuvens.
A Defesa Civil de João Pessoa já atendeu 30 chamadas com características de urgência da noite da última sexta até este domingo. Dez chamadas foram para informar deslizamento de barreiras, no Alto do Mateus, no Valentina e no Citex, e 15 foram para informar alagamentos, também no Valentina e no Citex, além do bairro São José e de pontos isolados no Centro. Os Bombeiros receberam mais de 30 chamados informando alagamentos.
Com essa situação, o governador Ricardo Coutinho determinou a alguns órgãos do Estado plantão para atender a todas as ocorrências provocadas pelas chuvas. Defesa Civil estadual, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Secretaria de Recursos Hídricos, Departamento de Estradas e Rodagens (DER), bem como a Secretaria de Infraestrutura e Aesa estão de plantão.
Esses órgãos, garantiu o vice-governador Rômulo Gouveia, estão com bases montadas para atender as emergências e vêm atuando em todas as áreas, como Campina Grande, Puxinanã, Cuitegí, Lagoa Seca, Sapé, Ponte da Batalha, São José dos Ramos, Ingá, Litoral Sul, entre outros
Os açudes, mananciais, pontes e estradas estão sendo monitoradas pelos órgãos competentes. No trabalho de atendimento às populações afetadas pelas chuvas, na Capital, o Corpo de Bombeiros retirou escombros de uma casa que desabou no bairro de Mandacaru. Enquanto isso, o DER está fazendo levantamento das rodovias que estão apresentando problemas por causa das constantes chuvas, enquanto que a Aesa monitora os açudes e barragens do Estado.
No município de Gurinhém, no Agreste do estado, o internauta Eduardo Pinheiro flagrou o deslizamento de uma pista por causa das chuvas.
Rômulo Gouveia informou que o governador Ricardo Coutinho, junto com os órgãos estaduais, já está tomando todas as providências para atender as regiões afetadas pelas chuvas e, caso haja necessidade, será decretado estado de emergência.

Da Redação
Com Portal Mídia

0 comentários:

Postar um comentário

  ©ATITUDE NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo