Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.
Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Deputada Léa reúne prefeitos do brejo em audiência com secretário do Empreender PB

A deputada estadual Léa Toscano (PSB), reuniu na tarde desta terça-feira (12), prefeitos de várias cidades da região do brejo, no prédio do Centro Administrativo, em João Pessoa, numa audiência com Tarcio Pessoa, secretário executivo do programa Empreender Paraíba.
A reunião teve início às 15h, de acordo com a parlamentar, o objetivo da mesma foi para implantar o programa nas cidades de Piprirituba, Serra da Raiz, Pilões, dentre outras. Entre os participantes estiveram o advogado Antonio Teotonio, o ex-prefeito de Pilões Hermes Augusto de Castro, Luis Machado prefeito da Serra da Raiz.
A intenção da deputada Léa, é facilitar o acesso dos pequenos produtores destas localidades, aos créditos dados pelo governo do Estado através desse programa.
EMPREENDER PARAÍBA
Criado pela Lei 9.335, de 25 de janeiro de 2011, o Empreender Paraíba (PB) é uma política pública de microcrédito que tem como prioridade o fomento ao empreendedorismo e a inovação, através da concessão de crédito orientado aos empreendedores individuais, ou através de grupos organizados.
Com isso, o programa pode gerar acesso a crédito aos pequenos empreendedores, grupos organizados (associações, núcleos de inclusão produtiva, APL’s, etc) e as Micro e Pequenas Empresas (MPE) que fornecem produtos e serviços ao Estado da Paraíba, gerando um pacote que envolve acesso a tecnologias sustentáveis de produção, qualificação, assistência técnica, acesso logística de distribuição e a segmentação de novos mercados, potencializando o crescimento dos negócios e as vocações econômicas de cada região do Estado e, consequentemente, melhorando a distribuição de renda na Paraíba.
O Programa EMPREENDER PB tem como prioridade a concessão de crédito produtivo, com o objetivo de incentivar a geração de ocupação e renda entre os microempreendedores populares, destinando-se a:
I – aumentar as oportunidades de emprego através da criação, ampliação, modernização, transferência ou reativação de pequenos negócios, formais e informais, por meio de empréstimos de recursos financeiros aos empreendedores;
II – elevar a qualidade de vida da população pela criação de fontes de renda segura e consistente, que proporcionem sustento às famílias de empreendedores, em particular, às de baixa renda;
III – promover a capacitação e a qualificação gerencial de empreendedores e gestores de pequenos negócios, visando a aprimorar suas aptidões e assegurar acesso à inovação tecnológica que lhes garanta maior eficiência produtiva e competitividade no mercado;
IV – promover sistemas associativos de produção mediante a criação e a manutenção de centrais de compras, de produção e vendas, sob a gestão dos empreendedores, formais e informais, de pequenos negócios;
V – oferecer infraestrutura para facilitar escoamento da produção e possibilitar o acesso dos pequenos empreendedores ao sistema de comercialização;
VI – viabilizar a participação de pequenos negócios, formais e informais em feiras e exposições onde quer que sua presença possa contribuir para o desenvolvimento de suas atividades; e
VII – apoiar e estimular a criação de organizações e mecanismos de microcrédito.
Todo esse processo será desenvolvido para a execução dos seis produtos listados a posteriori que irão servir para a execução da política pública. Os produtos serão trabalhos de forma separada e através de Edital lançado posteriormente. Para esse primeiro momento será trabalhado o Fomento a Núcleos de Indução Produtiva.

Com Portal Mídia

0 comentários:

Postar um comentário

  ©ATITUDE NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo