Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.
Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

PB Agora descobre que entendimento entre clãs Cunha Lima e Vital do Rêgo é maior do que se imagina; ‘cabeças de chapa’ são as grandes surpresas’

As articulações para a formação de chapa na Rainha da Borborema estão mais avançadas do que qualquer eleitor pode imaginar. O ‘passaporte’ de Diogo Cunha Lima para se encaixar nos pré-requisitos necessários da Justiça Eleitoral é só o começo de uma grande reviravolta que pousará na Rainha da Borborema em 2012.

As primeiras informações dando conta de uma possível união entre os clãs Cunha Lima e Vital do Rego em Campina Grande surgiram ainda no início desse ano e foram reveladas por um membro situação.

Agora, quem revela mais bastidores das alianças na Borborema é um membro da oposição. O Portal PB Agora obteve com exclusividade, a partir dessa fonte que, por ser político, pediu para não ter seu nome revelado, que a chapa majoritária para o pleito na Rainha da Borborema, em 2012, será mesmo composta pela união do PSDB e PMDB.

A fonte, transita bem tanto no lado dos Cunha Lima, quanto no lado dos Vital do Rêgo e assegurou que as famílias vem traçando um plano para estarem juntas no próximo pleito municipal. Na negociação, o PSDB irá mesmo liderar a cabeça de chapa, porém o nome negociado não é o de Romero Rodrigues, e sim o de Diogo Cunha Lima. A surpresa fica também por conta da vice. Quem será o escolhido do grupo é nada mais, nada mesmo que o ex-secretário de Saúde do município, Metuselá Agra (PMDB). O ex-gestor é homem de confiança de Veneziano e também goza da simpatia dos Cunha Lima.

Segundo a fonte, a composição não tem como ser outra. Para o político, essa articulação será concretizada porque o cabeludo não tem opção - ou se alia a Cássio Cunha Lima em Campina Grande ou vai “perder mais uma”, se referindo ao pleito estadual ocorrido no ano passado, onde teve irmão e mãe, ou seja, o senador Vital do Rego Filho e a deputada federal Nilda Gondim derrotados com grande diferença para aliados do tucano.

O político acrescentou ainda que a única chance que poderia fazer um sucessor de Veneziano à frente da Prefeitura Campina Grande foi descartada quando da saída do vereador Fernando Carvalho do PMDB para o PT do B. “Esse era o único nome que o cabeludo poderia confiar e ter esperanças numa vitória, mas ele preferiu descartar e agora a única chance dele é se aliar a Cássio, apoiando o nome de Diogo Cunha Lima a Prefeitura de Campina”, ponderou a fonte.

Quanto aos nomes de outros pré-candidatos a Prefeitura Municipal de Campina Grande, a exemplo de Guilherme Almeida (PSC), José Luiz Júnior (PMDB), Walter Brito Neto (PMDB), Tatiana Medeiros (PMDB), Daniella Ribeiro (PP), a fonte se reservou em apenas opinar: “São fantoches, estão apenas segurando as bandeirolas da bandeira principal”.

A união de Cássio e Veneziano acabaria escanteado de vez a principal adversária da dupla – Daniella Ribeiro. Com os principais adversários unidos será difícil para a parlamentar derrotar o primogênito de Cássio.

Difícil é dizer que essa fonte não está falando a verdade! Afinal, ainda no início do ano, Diogo não seria sequer cotado para se filiar em algum partido e Romero Rodrigues seria o candidato forte do partido tucano. Também no início do ano, ninguém imagina que Rômulo Gouveia assumira o comando de uma legenda, ou que Cássio e Vitalzinho estariam dando boas risadas juntos em um evento na cidade.

Agora é esperar para ver.

Simone Duarte/ Márcia Dias

PB Agora  

0 comentários:

Postar um comentário

  ©ATITUDE NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo