Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.
Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Manoel Jr. alfineta Cássio e nega que tenha se comprometido a usar saia caso tucano tomasse posse


manoel-jr 
O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) em entrevista ao programa Rede Verdade da TV Arapuan nesta sexta (11). Ele desmentiu que tenha se comprometido em usar saia caso o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tomasse posse e alfinetou o tucano afirmando que ele não tem ‘condições legais de ser candidato’.
Manoel Júnior supostamente teria dito que se comprometia a usar saia caso o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tomasse posse. O peemedebista desmentiu essa declaração e ainda alegou tratar-se de uma “brincadeira de mau gosto da Secom da prefeitura ou do Estado”.
“Eu não teria problema de usar saia, não iria mudar meu comportamento de masculinidade, não disse isso em lugar nenhum até porque decisão de justiça é decisão”, conta.
O deputado afirmou que o próprio Senador fez menção a essa declaração. Ele afirmou que até admite a posse de Cássio, pois é uma decisão da justiça. “Mas não entendo como um Senador pode tomar posse se ele não tem condições legais de ser candidato”, alfineta.
Manoel Junior alfinetou o senador Cássio afirmando que espera que ele faça mais pela Paraíba do que fez como governador. “Ele deixou algumas marcas negativas no estado”, bate.
O deputado comentou que o senador estaria inelegível para disputar as eleições municipais de 2012 e as estaduais de 2014. “Essas contradições são alvo de discussão”, diz.
A respeito dos elogios que Cássio vem recebendo do ex-governador José Maranhão (PMDB), Manoel Junior explicou que o senador é um político competente e garantiu que todos são alvo de críticas e de elogios.
O peemedebista comentou a respeito do trabalho de Wilson Santiago (PMDB) enquanto foi senador da República. “Wilson já foi senador antes de sê-lo, porque quando foi deputado federal trouxe recursos para obras estruturantes desse estado”, diz. o peemedebista lamentou a sai do correligionário do cargo, mas destacou a legitimidade dos questionamentos feitos pelo ex-senador para tentar retomar o cargo.
Manoel Junior comentou que o senador Cássio não foi cassado pela lei da “Ficha Limpa”, mas sim pela lei da “inelegibilidade”. Ele afirmou ser lícita a atitude do ex-senador em buscar ‘brechas’ na legislação para voltar ao Senado.
O deputado afirmou que Santiago foi candidato, pois é ‘ficha limpa’ e comentou que não houve nenhuma contestação da eleição. “Essa história tem que ser decidida judicialmente”, conta.
Marília Domingues
Paraíba.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

  ©ATITUDE NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo